Sofrimento de vítimas de racismo se assemelha a vivência de situações traumáticas

sábado, 12 de janeiro de 2013 | 14:14 | Por 1 comentário
Um estudo realizado sobre a saúde de adultos negros nos EUA chegou à conclusão de que as consequências do racismo sobre o bem-estar destas pessoas são comparáveis aos efeitos gerados em indivíduos que passaram por grandes situações traumáticas.

Foi realizada uma análise de 66 pesquisas anteriores, que incluiram um total de mais de 18.000 adultos negros. A partir dos dados encontrados, verificou-se que a somatização (aflição psicológica que se expressa como dor física), a sensibilidade interpessoal e a ansiedade são respostas comuns tanto ao racismo quanto ao trauma. Pessoas que foram vítimas de racismo têm também maiores possibilidades de relatarem sofrimento mental no decorrer de suas vidas.

Os pesquisadores sugeriram que o fator: ligação entre saúde mental e racismo poderia contribuir para o entendimento das grandes disparidades da saúde física entre negros e outros americanos de diferentes etnias. O racismo acaba afetando diretamente a saúde destes sujeitos.

"As relações entre o racismo percebido e auto-relatados seguidos de depressão e ansiedade são bem constantes, proporcionando um lembrete de que as experiências de ser vítima do racismo podem desempenhar um papel importante no fenômeno da disparidade da saúde" disse o principal autor do estudo, Alex Pieterse da Universidade de Albany (NY), em uma nota de imprensa para a Associação de Psicologia Americana (APA). Ele complementa: "Por exemplo, afro-americanos têm taxas mais altas de hipertensão, uma condição séria que tem sido associada com o estresse e a depressão".

Os pesquisadores salientam que os terapeutas de pessoas negras devem estar atentos à essas questões, sempre avaliando as situações pelas quais seus pacientes passam. O estudo foi publicado online no Journal of Counseling Psychology.

É importante considerar, portanto, os grandes efeitos que o racismo causa na saúde física e mental das pessoas. Fiz uma pesquisa bem rápida no Google para ver se achava algo referente ao Brasil, encontrei alguns materiais que mostravam grandes disparidades entre a população negra e a branca. No entanto, eram dados de 10 anos atrás, queria saber mais sobre a situação atual pra colocar aqui.

Mas com certeza, é possível ver como o racismo afeta a saúde da população negra, seja vivenciando situações explícitas de racismo, seja no preconceito por trás do atendimento fornecido aos sujeitos negros, seja na manifestação social do racismo através das desigualdades sociais. Superar o racismo também uma questão de saúde pública.

Referência: http://gabriele-albuquerque.blogspot.com.br/2011/11/sofrimento-de-vitimas-de-racismo-se.html
Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Um comentário:

  1. Olá todo ano sai um dossiê chamado Mapa da Violência, você pode facilmente acessá-lo no google. Abraços

    ResponderExcluir