Jogos violentos não criam pessoas insensíveis

quinta-feira, 12 de julho de 2012 | 17:15 | Por 2 comentários
Resultado de pesquisa da Ryerson University, publicada em 2011 na revista Applied Cognitive Psychology, sugerem que vídeo games violentos, como o famoso GTA, não dessensibilizam os jogadores para situações negativas. O uso contínuo de games violentos não parece ter influência significativa sobre a memória emocional ou a resposta a estímulos negativos dos jogadores. Isso refuta um estudo anterior, que tinha chegado à conclusão oposta.

A autora principal, Holly Bowen, comenta que a "memória emocional de longo prazo nos ajuda a evitar situações negativas. Isso tem implicações significativas na saúde pública. Por exemplo, se você lembrar de uma experiência negativa de ter se envolvido em uma briga de bar, você eviará situações futuras que podem levar a uma briga."

Call of Duty
A pesquisa envolveu 122 estudantes de ensino superior (de ambos os sexos) que foram alocados em duas categorias: 45 participantes que tinham alguma experiência com video games nos últimos seis meses e 77 estudantes que não tiveram contato com os jogos. Os jogos mais populares entre homens e mulheres foram Grand Theft Auto (GTA), Final Fantasy e NHL. Gamers do sexo masculino também afirmaram gostar muito Call of Duty e Tekken, enquanto as mulheres preferiam Mario Kart e Guitar Hero/Rock Band.

Foram exibidas 150 imagens aos participantes, que representavam cenas neutras, positivas ou negativas. Uma hora depois, os estudantes viram as mesmas imagens novamente com um novo conjunto de 150 imagens para "distração", mostradas em ordem aleatória. Para cada imagem, os participantes tinham que responder se já tinham ou não visto aquela cena. No final do experimento, os alunos completaram um teste de auto-avaliação sobre seu estado de excitação emocional.

Cena de GTA
Os pesquisadores tinham como hipótese que os gamers teriam menor sensibilidade diante das imagens negativas e por isso mostrariam redução na capacidade de memorizar esses materiais quando fossem comparados com o grupo de estudantes que não tinha o hábito de jogar video games. No entanto, essas diferenças não foram encontradas. Além disso, também não surgiram diferenças nas avaliações do estado emocional.

Para Bowen, os resultados indicam que a memória emocional de longo prazo não é afetada pela exposição crônica a jogos violentos. No entanto, os autores lembram que esse é um estudo focado em adultos jovens, e que mais pesquisas deveriam ser feitas com crianças, que estão em uma etapa de desenvolvimento bem diferente.

É muito comum que os games sejam vistos, principalmente por gerações mais velhas, como grandes ameaças a saúde mental. No entanto, cientificamente, não existe ainda nada que comprove que jogar games violentos aumente a agressividade ou diminua a sensibilidade das pessoas diante de situações de violência real. Muitos estudos ainda precisam ser feitos para termos uma maior noção da dimensão da influência dos games sobre o comportamento, a subjetividade e a cognição humana.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários:

  1. Oi, Isabela. Eu acho que se houver alguma influência ela é resultado de um conjunto de situações e fatores a que a pessoa (jovem ou adulto) está submetida em casa, na rua, no trabalho, na escola, enfim: onde há exemplos violentos na fase de formação da personalidade e caráter, provavelmente haverá uma pessoa violenta a medio e longo prazo e isso até é independente dela se utilizar de tais prazeres lúdicos. Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela postagem, como sempre é um excelente artigo. A Internet no Brasil realmente precisa de postagens de qualidade como estas que você está nos oferecendo. Gostaria de lembrar também um ótimo agregador de conteúdos que vem se destacando muito, que é o Pop Blogs:
    http://www.popblogs.net

    Divulgue suas postagens gratuitamente todos os dias sem fila de espera, tenha seus links publicados em nosso site, Facebook, Twitter, concorra a prêmios na Promoção Parceria Premiada e aumente muito mais as visitas diárias de seu blog.

    ResponderExcluir